Como evitar furtos em farmácias ?

Um elevado índice de furtos a farmácias tem assustado o setor farmacêutico.
Segundo a ABCFARMA o Brasil ainda é um dos países com baixíssimo nível de prevenção antifurtos perdas. Sambugaro calcula de 15 a 20% o índice de empresas que adotaram medidas de proteção eficientes. Com a venda crescente de cosméticos e produtos de higiene no canal farma, aumentam também os riscos de furto – nesse contexto, produtos com alto valor agregado precisam de mais proteção. Às vezes, o simples redesenho da disposição dos produtos nas prateleiras e uma mudança de foco na iluminação conseguem prevenir atitudes mais furtivas de falsos clientes. Mas, de qualquer forma, as farmácias precisam adotar uma estratégia consciente de segurança, sem confiar nas soluções improvisadas ou instintivas. Tudo começa com uma postura corporativa que encare furtos e perdas como uma realidade a ser encarada de frente. Essa cultura antiperdas vem de cima para baixo, mas passa, necessariamente, por uma sinergia que, dentro da empresa, congrega pessoas, processos e tecnologia para se tornar uma oportunidade de ganho. Analistas estimam em 1,75% o índice de furtos e perdas no varejo.

No caso do mercado farmacêutico, estimado em 40 bilhões de reais/ano, isso representaria a espantosa cifra de 7 bilhões/ano. Só por isso se tem uma ideia do retorno financeiro de um investimento em segurança. “O investimento para prevenir furtos em farmácias é de suma importância para diminuir os prejuízos e, consequentemente, aumentar a margem de lucro”, diz Luiz Fernando Sambugaro. Segundo ele, o primeiro passo no roteiro da prevenção é conseguir o comprometimento da equipe para a meta de reduzir perdas. Uma das formas mais simples de se obter a adesão da equipe é estabelecer uma mentalidade de prevenção e um sistema de bônus para premiar os colaboradores quando a meta de redução é alcançada. “Quanto mais conceitual for a empresa, mais cedo o roubo é percebido”, diz Sambugaro. Esse conceito envolve, por exemplo, prateleiras bem arrumadas, cujo design facilita a percepção das perdas. Ele cita um exemplo bem prático: a farmácia costuma vender três kits de lâminas de barbear por dia. Se o setor do produto de repente se esvazia, algo anormal aconteceu. Ok, o furto foi detectado. É hora de prevenir, para evitar a continuidade do delito. Segundo estatísticas internacionais, é impossível eliminar o risco de furtos – mas uma redução para 0,5%, que é o que geralmente se alcança com as medidas de proteção. Fonte: ABCFRAMA

Nossos sistemas  antifurto para farmácias podem diminuir estes resultados, trazendo segurança e evitando prejuízos as farmácias de forma acentuada;

Sabemos que em todas as farmácias existem medicamentos e produtos de alto valor agregado que exigem uma estratégia melhor como ser colocado em local exposição para fácil acesso aos consumidores. O sistema antifurto ativo é compostos de antenas,tags e desativadores de tags, tags estas  para inserir em seus produtos, e sua instalação pode ser feita dentro dos mesmos, lugar onde seja imperceptível a visibilidade tanto para o cliente como para pessoas mal intencionadas. As etiquetas são produzidas com falso códigos de barras  ficando disfarçadas como código de barras;
Aliados a um bom e efetivo sistema de câmeras de segurança,como câmeras de qualidade HD, superior ou até mesmo IP.

Dispostos a lhe entregar um conjunto fechado de antenas, tags e sistemas de segurança, disponibilizamos nossos meios de contato para receber sua dúvida e solicitação de proposta

comercial@automacao10.com.br

(11) 3409-1336 / Whatsapp e Tim (11) 98505-0438